10 motivos para assistir ‘Buffy – A Caça Vampiros’

Ao montar uma reportagem sobre séries de terror, percebi que nunca tinha visto Buffy – A Caça Vampiros. Quer dizer, não que eu me lembrasse direito. A série, produzida por Joss Whedon entre 1997 e 2003, conta a história de Buffy Summers, uma adolescente aparentemente normal e ligeiramente desastrada que, na verdade, é uma Caçadora cujo destino é livrar o mundo de vampiros e demônios. A seguir, listamos dez motivos indiscutíveis para você correr já e assistir todas as temporadas de Buffy.

Lembrando que todos os episódios estão disponíveis no Netflix, então você nem precisa ficar procurando para assistir! Faça sua pipoca e prepare-se para não sair mais da frente da tela.

1 – Você vai se sentir de volta aos anos 1990

E por que exatamente isso é bom? No meu caso, por que eu nasci nos anos 90, então é como voltar para um tempo em que as coisas eram mais fáceis. Brincadeiras à parte, é legal notar as roupas, tecnologias (gente, os computadores!) e tudo o que envolve os personagens. Afinal de contas, ela não é uma série feita para retratar os anos 1990, ela foi feita na última década do século XX, e continuou até depois da virada do século, o que é sempre muito legal de se observar. E é legal acompanhar o surgimento de coisas como… o celular de flip, lembra? As últimas temporadas já se passam nos anos 2000 mas, mesmo assim, é muita nostalgia.

2 – Os efeitos especiais são bizarros

Sou suspeita, mas adoro efeitos especiais de baixo orçamento (como nas primeiras temporadas de Doctor Who, por exemplo). Nesse quesito, Buffy não deixa a desejar: a maquiagem dos vampiros nas primeiras temporadas é muito mequetrefe. O que não muda o quanto as histórias são legais. Mas é engraçado, e melhora conforme passam as temporadas e os produtores conseguem mais orçamento.

3 – Você aprende a aceitar os desafios que lhe são impostos

Buffy não queria ser uma Caçadora de Vampiros. Aliás, ela mesma vive reclamando que isso atrapalha sua vida como um todo, especialmente escolar e social. Mesmo assim, é seu destino e sua missão derrotar os seres das trevas e proteger os humanos, e ela faz isso da melhor forma que pode, mesmo que queira desistir às vezes.

4 – Tem vampiros, fantasmas, demônios e todo o tipo de criaturas estranhas

Ou seja, se você gosta dessas coisas, vai adorar Buffy. Tem até uma mulher louva-deus, gente! Haja imaginação para roteiros, afinal são sete temporadas, e é preciso frisar que a série continua boa do começo ao fim. Ah, de brinde tem até romance entre vampiros e humanos, mas muito mais legal do que em Crepúsculo. Prometo.

5 – Personagens incríveis: não dá para não gostar

É impossível não se apaixonar por alguém da série. Seja Buffy e toda sua falta de jeito, Willow, que é a nerd de computação e bruxa (!!!), Xander e suas piadas e comentários, o maravilhoso Giles com seus livros… Para quem gosta de seres demoníacos, tem o Angel que é sempre melancólico e com cara de quem está sofrendo, a Anya, completamente sem filtros sociais, e Spike, o vampiro malvadão gato. E ainda temos a menina popular, Cordelia, a adolescente irritante, Dawn… A lista de bons personagens é imensa. Confesso que adoro o Xander, por ser o personagem que mais cresce em toda a série, mas meu coração pertence ao ator James Masters e todo o seu charme como Spike.

6 – Tem episódio musical

Ok, se você não gosta de musicais, talvez ache chato. Mas é difícil, porque é um episódio MUITO bom. Aliás, foi uma das primeiras (caso não tenha sido a primeira) a trazer um episódio musical. Você vai ficar viciado nas músicas, que subvertem a ideia de um musical onde as pessoas saem cantando por… nada.

7 – Relacionamentos amorosos variados

Tem bastante romance, seja entre humanos e demônios, mulheres e mulheres, demônios e demônios. Aliás, acho que agrada todo mundo. Fora que todos os relacionamentos amorosos entre os personagens são bem escritos e têm importância para a trama. Uma das coisas que mais me prendeu foi a problematização de relacionamentos abusivos, que não passam batidos e são discutidos pelos personagens. Ponto positivo!

8 – Spin-offs de Buffy

Além da série Buffy, temos o spin-off Angel e quadrinhos. Depois que a sétima temporada terminou, a série teve mais temporadas em formado de HQs, mas infelizmente não temos tudo publicado no Brasil. Nada que você não encontre disponível na internet.

9 – Episódios bem escritos e amarrados

Fazia muito tempo que não via uma série que conseguia manter a qualidade por todas as temporadas, sendo a sexta a melhor de todas elas (mas essa sou eu falando, decidam depois de assistir). A série, os personagens, o drama… tudo se encaixa, não ficam pontas soltas para toda a eternidade e há continuidade.

10 – É GIRL POWER TOTAL!

Sim, Geeks, Buffy – A Caça Vampiros é um exemplo de inversão de estereótipos. Joss Wheadon (Os Vingadores, Os Vingadores: Era de Ultron) coloca no papel principal de caçadora uma garota loirinha, líder de torcida (ao menos antes de colocar fogo em sua antiga escola) e toda meiga. Quer dizer, pelo menos até os vampiros e criaturas da noite aparecerem e ela começar a chutar bundas. Buffy é badass e com certeza foi – e continua sendo – uma ótima influência para todas as garotas. Sendo a Caçadora de sua geração, é sua missão proteger o mundo das criaturas que ameaçam os humanos. E, sendo uma adolescente, ela precisa conciliar isso com sua vida pessoal e amorosa, mas ela sempre dá um jeito. Mesmo quando está morrendo de medo, Buffy resolve a parada. Ah, e não nos esqueçamos de Willow, a aluna que, no começo, era totalmente excluída antes de conhecer Buffy, mas que se torna essencial nas missões, já que é muito inteligente e tem habilidades com computadores e pesquisa, além de ser uma bruxa muito poderosa. Fora, é claro, que todas as Caçadoras são mulheres.

Se todos esses argumentos não foram suficientes para você parar tudo o que está fazendo e correr assistir, não sei o que dizer, apenas que você perde uma das melhores séries já feitas para a televisão.

Gabriela Colicigno

Jornalista, ruiva, nerd, geek e louca por chocolate. Passa a maior parte do tempo do dia no computador, vendo seriados no Netflix, lendo um livro, ouvindo música ou brincando com os gatos.

2 comentários em “10 motivos para assistir ‘Buffy – A Caça Vampiros’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *