Age of Decadence: o RPG anti-herói

0

Imagine o seguinte cenário: seu protagonista chega a uma nova cidade. Todo o reino está em decadência, as terras são escassas e secas, a maior parte da população vive na miséria e os nobres estão preocupados demais com seus jogos de poder para ter vontade de mudar qualquer coisa. Ao entrar na taverna você descobre que um dos clientes precisa de um guarda-costas para um serviço, então você o segue até uma rua nos arredores da cidade. Lá, seu “cliente” o ataca, rouba e o deixa sangrando no meio da rua a sua própria sorte. Game over.gear-noscale

Esta não é uma cena do jogo Age of Decadence, mas poderia ser. Neste game não há nada que irá salvar seu herói de situações desesperadoras, nenhum amigo pronto para se sacrificar para te resgatar ou um mentor sábio para dar conselhos: neste mundo, seus inimigos serão duros com você e seus amigos, mais duros ainda. As lealdades são fluídas e cada um, inclusive você, faz o que é necessário para evitar a morte.

Produzido pela Iron Tower Studio, Age of Decadence é um dos melhores RPG’s lançados nos últimos anos justamente pela sua abordagem negativa da vida do protagonista. Além disso, a árvore de talentos é ampla e possibilita a criação de diversos tipos de personagens, desde o grande lutador, passando pelo gatuno, até o assíduo estudioso. Este é um jogo que recompensa a paciência e atenção aos detalhes. Não há missões sem sentido ou exageradas demais. Todas elas estão encaixadas na história que você dá ao seu personagem de forma tão orgânica que as vezes é até desconfortável, porque você percebe que pode estar caminhando rumo a sua própria destruição.

Não há como fugir dos conflitos no cenário do game; há, no máximo, maneiras de evitá-lo parcialmente ou botar a culpa em outra pessoa. Em muitos momentos, trair suas alianças é uma das únicas formas de evitar uma morte dolorosa (pobres pessoas que acreditaram no meu personagem, eu fiz isso muito no meu primeiro gameplay). E isto é outra coisa que o jogo constrói muito bem: as mortes de seu personagem no jogo (porque, acredite, haverá muitas) soam sempre muito pessoais e todas as decisões tem um peso muito forte para o rumo da história.

51Enquanto muitos RPGs desenvolvem um pouco a história antes de colocar decisões críticas no caminho do jogador, Age of Decadence não perde tempo: desde o começo as decisões marcam o caráter e a jornada do personagem. Durante boa parte do game o jogador também terá que se acostumar a caminhar por “áreas cinzentas”, já que raríssimas escolhas no jogo podem ser consideradas completamente “boas” ou “más”. Ser bom pode te levar direto para o túmulo e ser cruel pode muitas vezes acabar salvando sua pele.

O combate no jogo pode parecer um pouco complicado no início, mas não é muito diferente de outros RPGs com combate por turno, com apenas uma ou outra característica mais específica. Há uma grande variedade de armas e especialidades para se escolher se você quiser que seu personagem seja focado mais em combate, mas há pouco tempo e recursos para fazer com que seu personagem seja bom em mais de uma coisa, por isso é muito importante saber focar nas suas qualidades e evitar situações que explorem suas fraquezas. Para aqueles que preferem uma abordagem mais intelectual, os combates são quase sempre uma situação fatal, e mesmo para os mais fortes, em poucas situações os combates serão fáceis de vencer.

Apesar da iminência da morte sempre próxima, o jogo faz um ótimo trabalho em manter auto-saves e evitar que o jogador perca muito do progresso feito no jogo antes de sua morte, mas isso não evita que o jogador chegue a certas encruzilhadas que o obriguem a vchattin-noscaleoltar ainda mais no jogo para poder se desvencilhar de algumas situações, devido ao grupo de habilidades que acumulou-se até o momento. Como a escolha das habilidades também influencia no rumo do jogo, é impossível percorrer tudo o que o jogo pode oferecer em um único gameplay.

Apesar dos gráficos simples, Age of Decadence faz um ótimo trabalho em se manter envolvente para o jogador, com desafios pesados mas que não interrompem o fluxo da narrativa, já que sempre é possível buscar uma saída quando a primeira estratégia não funciona. E entre tantos jogos de RPG que são lançados todo ano, Age of Decadence é uma válvula de escape para quem busca um RPG com boa narrativa e que fique longe de ilusões heroicas.

Jogo: Age of Decadence
Produtora: Iron Tower Studio
Plataformas: PC
Data de Lançamento: 14 de outubro de 2015
Preço: R$55,99 no Steam

Comments

comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here