Anno Dracula – Mundos Paralelos

2

annoDracula_capa-alephEm Anno Dracula (1992), o escritor britânico Kim Newman, reinventa a história do Conde Drácula imaginando como seria se o vampiro mais famoso de todos os tempos não tivesse sido derrotado por Van Helsing e seus companheiros, na busca pelo controle do Reino Unido. Tendo derrotado seu arqui-inimigo, ele transformou a rainha Vitória e se torno Príncipe Consorte: o vampirismo, portanto, se tornou norma nas classes mais altas da sociedade, migrando (com graves consequências) para as classes mais baixas.

Eis que uma série de assassinatos brutais começa a balançar a sociedade do ano de 1888: prostitutas vampiras estão sendo sumariamente mortas por um homem conhecido pela imprensa como Jack, o Estripador. O livro acompanha dois personagens principais: Charles Beauregard, um membro do clube Diógenes, e Geneviève Dieudonné, uma vampira mais velha que o conde Drácula, que trabalha numa clínica onde ela cuida de vampiras doentes. Ambos estão investigando a morte das prostitutas juntamente da polícia, cada um à sua própria maneira.

Anno Dracula

É nesse cenário que mistura vários personagens da ficção vitoriana (entre eles Lestrade, Mycroft Homes, irmão de Sherlock Homes, Lestat de Entrevista com um Vampiro e vários outros), em que Kim Newman construiu sua obra magistral de horror, que posteriormente deu continuação a outras dez romances e vários contos que se passam no mesmo universo. O livro conta com uma linguagem rebuscada, proza eloquente e personagens complexos e cheios de camadas. Misturando ficção história, intriga política e horror sangrento, Kim Newman construiu uma das melhores obras de horror gótico da literatura contemporânea, e um livro essencial para os amantes das histórias de vampiros.

No Brasil, o romance foi publicado pela Editora Aleph, e conta com tradução de Susana Alexandria. No final do livro, encontra-se disponível uma lista de personagens fictícios que aparecem em Anno Dracula, e qual a obra de origem deles.

Kim Newman. Anno Dracula (Anno Dracula). Tradução de Susana Alexandria. Editora Aleph, 2009. 376 páginas.

Compre o livro: Amazon – Submarino – Livraria Cultura

Comments

comments

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here