Cinco filmes de ficção científica estrelando Tom Cruise

Tom Cruise já foi considerado um dos atores mais importantes e proeminentes de sua geração. E, mesmo que ele já não tenha o mesmo status que ele tinha durante sua juventude, a carreira do ator de 53 anos continua movimentada com o lançamento do quinto filme da franquia Missão Impossível marcado para 31 de julho nos Estados Unidos e 13 de agosto no Brasil. Cruise, que já foi indicado a 3 Oscars em sua carreira, estrelou vários filmes de ficção científica, alguns bons e alguns ruins. Neste post, vamos olhar os cinco filmes de FC que ele estrelou.

  1. Oblivion

tom-cruise-oblivion

Um dos lançamentos mais recentes na carreira de Tom Cruise como astro de ficção científica foi o filme Oblivion. Escrito e dirigido por Joseph Kosinski, que também produziu uma graphic novel com o mesmo tema, Oblivion conta a história de um casal, Jack (Cruise) e Victoria (Andrea Riseborough) que trabalha na superfície de uma Terra devastada por anos de guerra com uma raça alienígena. Coletando recursos como água e gás para combustível, Jack e Victoria descobrem uma nave espacial caída que revela segredos que colocarão em questão tudo o que eles acreditam sobre a guerra e si mesmos.

Oblivion tem ideias interessantes e seu personagem Jack, é um personagem complexo e com nuances que procura pelo seu lar e pela sua própria alma. O filme também é um dos raros casos de uma obra que melhora conforme avança, mas o resultado final continua sendo estranhamente frio e anticéptico o que não funciona para uma história desse tipo. Bom desempenho de Cruise no papel principal e uma breve, porém agradável participação de Morgan Freeman conta como ponto positivo.

  1. Guerra dos Mundos

tom-cruise-guerra-dos-mundos

Guerra dos Mundos constitui a segunda colaboração da carreira de Tom Cruise com o cineasta Steven Spielberg, curiosamente sendo também o segundo filme de ficção científica com a participação dos dois. Nele, Ray Ferrier (Cruise) é um pai divorciado de duas crianças – estreladas por Dakota Fanning e Justin Chatwin que se vê diante de um evento cataclísmico proporcionado por uma invasão alienígena. Embora pouco capaz no começo, ele se mostra disposto a literalmente qualquer coisa para salvar seus filhos.

Baseado no livro de H.G. Wells, Guerra dos Mundos é uma adaptação contemporânea de um clássico da ficção científica que divide opiniões. Na maior parte, o filme é bem sucedido em criar uma invasão alienígena esteticamente realista, o que é de se esperar de um filme de Steven Spielberg. Não obstante, em sua tentativa de criar realismo, Spielberg pecou ao transformar os personagens dos filhos de Tom Cruise em personagens irritantes demais para serem aturados por duas horas. O final feliz também não convence.

  1. Vanilla Sky

tom-cruise-vanilla-sky

Vanilla Sky é um remake do filme espanhol Abre Los Ojos lançado em 1997 por Alejandro Amenábar e estrelando Penelope Cruz, que também aparece no remake. Também é a segunda colaboração de Cruise com o diretor Cameron Crowe (os dois já haviam trabalhado juntos no filme Jerry McGuire – A Grande Virada). Nele, o David Aames (Cruise) é acusado de matar uma namorada e passa o filme contando como ele chegou a onde está para o psicólogo da polícia McCabe, interpretado por Kurt Russell.

As coisas começam a ficar estranhas mais ou menos na metade do filme quando o personagem de Cruise sofre um acidente de carro que deixa o seu rosto desfigurado. Fantasioso e eloquente, Vanilla Sky parece algo saído de um episódio de Além da Imaginação, mas é sofisticado e coerente em sua finalização. Explicar exatamente como ela se encaixa no gênero da ficção científica é entrar no território de spoilers, então eu sugiro que o leitor assista e tire suas próprias conclusões.

  1. No Limite do Amanhã

tom-cruise-no-limite-do-amanha

Baseado no mangá All You Need is Kill de Hiroshi Sakurazaka, No Limite do Amanhã parece, no começo, seu típico filme de invasão alienígena. E.T.s assustadores caíram na Terra em meteoritos e se propagaram pela Ásia e Europa. O publicitário militar Cage (Cruise) é enviado para o front em um traje de combate robótico para lutar contra os alienígenas no que será uma batalha decisiva para a humanidade. Até aí tudo bem, exceto pelo fato de que ele morre nos primeiros quinze minutos e passa a reviver o mesmo dia todos os dias, morrendo toda vez, mas melhorando suas habilidades como soldado no processo.

No Limite do Amanhã é um filme composto por inúmeros elementos que não deveriam funcionar em conjunto, que incluem uma participação cômica de Bill Paxton como um sargento meio louco e coisas do tipo. No entanto, ele funciona em todos os seus elementos, constantemente reinventando-se e construindo-se durante sua narrativa que é contada do avesso e que, para um filme sobre repetição, não é nem um pouco repetitiva. A colaboração de Tom Cruise com a atriz Emily Blunt que faz um soldado que passou pela mesma experiência, esbanja química, carisma e dá aos personagens a profundidade que eles precisam. Uma direção firme de Doug Liman (A Identidade Bourne) também ajuda a transformar No Limte do Amanhã uma das mais agradáveis surpresas de 2014.

  1. Minority Report – A Nova Lei

tom-cruise-minority-report

Em primeiro lugar nesta lista, nenhuma surpresa ao encontrar Minority Report, provavelmente o mais conhecido filme de ficção científica estrelado por Tom Cruise. O policial John Anderton atua em um Estados Unidos do futuro onde os crimes são detidos antes de terem acontecido por meio de humanos superdotados que conseguem prever assassinatos no sistema que é chamado de Precrime. No entanto, quando ele mesmo é acusado de um assassinato futuro, Anderton foge dos próprios colegas para descobrir um segredo envolvendo a própria criação do Precrime em uma intrincada trama policial.

Spielberg em sua habilidade recém-perdida como cineasta, criou uma ficção científica estranhamente distópica, feia, suja e infeliz porém esteticamente muito realista o que engana o espectador a pensar que esse seria um futuro possível. Certamente ele tem muitas semelhanças com o nosso mundo atual, e trata dessas semelhanças de forma satírica. Suas sequências de ação são bastante elaboradas e o filme conta também com boas participações de Colin Farrell e Max von Sydow, mas o ponto alto fica mesmo a cargo de Tom Cruise em ótima atuação, e nas implicações humanas que o filme traz durante sua narrativa. Um dos grandes filmes de ficção científica do século XXI e um dos grandes papéis da carreira de Tom Cruise.

Roberto Fideli

Jornalista e mestrando da Faculdade Cásper Líbero. Fanático por cinema, desenhos japoneses, fantasia e ficção científica. Seu sonho é ser piloto de naves espaciais, mas não tem coordenação motora para isso.

Um comentário em “Cinco filmes de ficção científica estrelando Tom Cruise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *