O Circo Mecânico Tresaulti – Um mundo pós-apocalíptico mecânico

circo_mecanico_tresaulti_capaO livro O Circo Mecânico Tresaulti, da autora norte-americana Genevieve Valentine, foi relançado recentemente pela Editora DarkSide Books em uma edição limitada de capa dura. Ele conta a história de um mundo pós-apocalíptico, consumido por guerras e bombas nucleares, em que um circo peculiar viaja de cidade em cidade, povoado em povoado, para apresentar suas criaturas mecânicas.

A narrativa não-linear intercala o ponto de vista geral, em que você explora o circo, as atrações e os outros personagens, com o ponto de vista em primeira pessoa de Little George, um ajudante de Boss, a mestre de cerimônia das apresentações e a mulher responsável por criar as criaturas do circo.

Essas criaturas são, na verdade, pessoas: seres humanos misturados com pistões, ossos de cobre, engrenagens e roldanas, capazes de realizar várias acrobacias e feitos inigualáveis. E são essas as atrações do Tresaulti, desde trapezistas e malabaristas, a homens fortes, capazes de levantar centenas de quilos, e saltadores, sem contar uma banda composta de um homem só, feito praticamente de instrumentos musicais.

O protagonista, Little George, não é um deles. Ele é apenas um garoto de recados, responsável por colar os cartazes nas cidades que visitam e transmitir ordens. Mas é por meio de seu ponto de vista infantil, depois adolescente, que acompanhamos o crescimento do Circo, a chegada de novos membros e os números que o circo traz. Porém, aos poucos conhecemos um pouco mais dos outros personagens, a história de cada um e como chegaram no circo.

Muitos chegaram ao Circo Tresaulti fugindo da guerra, ex-soldados ou apenas pessoas treinadas nas artes do circo. Boss é quem as salva, dando novos corpos a eles, mas sempre com um preço: o principal é que eles fiquem no circo, trabalhem para ela e se apresentem, porque não podem sobreviver sem ela. O outro, mais complexo, é parar de envelhecer, como se parassem no tempo com aqueles corpos.

O fato é que atrações como eles chamam a atenção de muitos olhares e um público considerável por onde passam, mas também pessoas de intenções não muito boas, como é o caso de um homem do governo, que os segue para descobrir os segredos do circo e de Boss, porque quer que ela use suas habilidades para construir super-soldados. As guerras continuam, mesmo depois de tanta devastação, e esse homem do governo quer sair vitorioso.

O fato de a história não ser contada em ordem e ter muitos personagens pode ser um pouco confuso para um leitor desatento, mas cria um clima de suspense e mistério em torno da história do Circo e de seus personagens. Genevieve consegue contar uma história sem grandes reviravoltas, mas que toca fundo em quem lê, porque aborda questões como imortalidade, a tendência humana para a guerra e a morte.

A edição limitada da DarkSide Books conta com ilustrações do brasileiro Wesley Rodrigues, bastante famoso por suas obras de ilustração e animação no Brasil, como por exemplo Faroeste: um Autêntico Western, vencedor de Melhor Curta Brasileiro Júri Popular no Anima Mundi de 2013, e é autor da HQ Luiz Gonzaga – Asa Branca – O Menino Cantador,com Maurício Barros de Castro. A tradução é de Dalton Caldas.

Genevieve Valentine. O Circo Mecânico Tresaulti (Mechanique: A Tale of the Circus Tresaulti). Editora DarkSide Books, 2016, 320 páginas.

O livro foi enviado como cortesia por conta da parceria entre o Who’s Geek e a DarkSide Books. Encontre a DarkSide nas redes sociais: Twitter / Facebook / Instagram / YouTube / G+

banner-amazon

Gabriela Colicigno

Jornalista, ruiva, nerd, geek e louca por chocolate. Passa a maior parte do tempo do dia no computador, vendo seriados no Netflix, lendo um livro, ouvindo música ou brincando com os gatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *