Tau Zero | Clássicos da Ficção Científica #11

O romance Tau Zero, de Poul Anderson, retrata com realismo científico uma viagem interestelar feita em um futuro próximo. Uma tripualação composta por 50 homens e mulheres viajará da Terra para um planeta em outro sistema solar em velocidades próximas da velocidade da luz: o que ocorrerá é que, no decorrer do percurso, somente dois anos terão se passado dentro da nava, mas vinte anos terão transcorrido na Terra.

No entanto, quando a espaçonave atravessa uma nebulosa, ela danifica seus sistemas de forma que a nave não consegue parar de acelerar. Conforme a velocidade se aproxima da velocidade da luz, milhares, milhões, bilhões de anos passam do lado de fora da nave e a tripulação é confrontada com uma terrível verdade: se um dia conseguirem pousar, eles serão os últimos representes da humanidade.

Os efeitos psicológicos dessa revelação parecem ser o ponto central da obra de Poul Anderson, mas personagens e situações superficiais, carregadas de clichês e diálogos expositivos transformaram a obra do escritor norte-americano em uma oportunidade perdida.

Encontre o livro no Estante Virtual

Roberto Fideli

Jornalista e mestrando da Faculdade Cásper Líbero. Fanático por cinema, desenhos japoneses, fantasia e ficção científica. Seu sonho é ser piloto de naves espaciais, mas não tem coordenação motora para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *