Revista Francesa Publica Dossiê Sobre a Ficção Científica do Brasil

Galaxie 34

Editada por Pierre Gévart, Galaxies Science Fiction é uma revista francesa de ficção científica que acaba de publicar um dossiê sobre a ficção científica brasileira montado pelo escritor e editor Jean-Pierre Laigle. Hoje bimestral, Galaxies apareceu pela primeira vez em 1996, quando era editada por Stéphanie Nicot. Assumida por Gévart em 2008 com ajuda financeira do Centro Nacional do Livro, a revista publica o dossiê em seu número 34 (março de 2015).

A seção temática traz uma entrevista com Jorge Luiz Calife, o conhecido autor da Trilogia Padrões de Contato e de outros livros e histórias dentro do Universo da Tríade. Trata-se de um escritor em atividade no campo da FC desde 1985, às vezes chamado de “Pai da FC Hard Brasileira”, e que também comparece no dossiê com o conto “As Sereias do Espaço”.

O outro conto incluído é “Como as Neves de Maio”, de Roberto Schima. Trata-se de mais um texto de FC hard, ganhador do Prêmio Jerônimo Monteiro da Isaac Asimov Magazine — onde foi publicado originalmente, em 1991 –, o primeiro concurso nacional de contos de ficção científica.

O dossiê é completado por uma apresentação escrita pelo próprio Jean-Pierre Laigle, e pelo ensaio “Uma História da Ficção Científica no Brasil”, de Roberto de Sousa Causo. Laigle é um poliglota que lê e traduz treze línguas, autor da novela Encontro com o Destino, publicada em première mundial no Brasil pela Devir.

Aproveitando o tema do dossiê, a Galaxies N.º 34 reutilizou a excelente ilustração de capa que Vagner Vargas fez para Trilogia Padrões de Contato, e incluiu um perfil desse destacado artista brasileiro de ficção científica, o mais experiente em atividade.

Não é a primeira vez que contos de ficção científica brasileira são publicados na França. O próprio Laigle — com o nome de Jean-Pierre Moumon — editou a única revista da ficção científica internacional digna desse nome, Antarès–Science Fiction et Fantastique sans Frontieres, e incluiu autores brasileiros. Entre eles estiveram André Carneiro, Calife e Causo, Gerson Lodi-Ribeiro e Walter Martins. Laigle preparou uma bibliografia do material brasileiro visto na França, também parte do dossiê.

No editorial, Pierre Gévart lamenta que o Brasil tenha ficado de fora de um dossiê anterior, publicado no N.º 7, dedicado à FC latina, mas celebra a seção especial do N.º 34 lembrando que para muita gente nascida em meados do século XX “o Brasil é o arquétipo do universo de ficção científica”. Ele lembra a construção da futurista capital Brasília, os mistérios que o gigantismo brasileiro guardaria, e diz que Manaus parece uma cidade construída pelo escritor americano de FC, Jack Vance.

A Galaxies 34, com o dossiê sobre FC brasileira, saiu enquanto acontecia o Salão do Livro de Paris, na qual o Brasil foi, pela segunda vez, o país tema.

–Roberto Causo

Capa: Gilles Francescano
Capa: Gilles Francescano

Entre os muitos dossiês publicados na Galaxies ao longo dos anos, há um dedicado ao escritor americano Orson Scott Card, autor de Ender’s Game: O Jogo do Exterminador, recentemente levado ao cinema. O dossiê saiu no N.º 20. No Brasil, Card é publicado pela Devir, que já lançou toda a tetralogia Saga de Ender, composta de O Jogo do Exterminador, Orador dos Mortos, Xenocídio e Os Filhos da Mente, todos best-sellers internacionais.

 

 

 

Roberto Causo

Escritor de ficção científica e fantasia, autor dos romances "A Corrida do Rinoceronte" e "Glória Sombria", e das novelas premiadas "Terra Verde" e "O Par".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *