O Guia do Mochileiro das Galáxias

O Guia do Mochileiro das Galáxias, escrito por Douglas Adams, é uma das obras mais estranhas de toda a ficção científica, por assim dizer. De forma satírica, o autor britânico conta a história do fim do planeta Terra por conta de uma rodovia intergaláctica.

O protagonista, um típico inglês chamado Arthur Dent, se vê em uma nave alienígena, depois de escapar com seu amigo Ford Prefect, que na verdade também é alienígena e pesquisador do Guia, e não um ator desempregado. Isso, claro, depois de Arthur tentar evitar a demolição de sua própria casa para a construção de uma rodovia interestadual, da qual ele não havia sido avisado. Qualquer semelhança com a situação da Terra é meramente coincidência, segundo o próprio autor.

De fato, Douglas Adams criou um universo ficcional divertidíssimo, cheio de referências à outras obras do gênero, e que se tornou, por si só, uma das maiores referências nerds dos últimos anos. Afinal de conta, todos nós sabemos que a resposta para a pergunta fundamental da vida, o universo e tudo mais, é 42.

Na vigésima edição do Clássicos da Ficção Científica, eu e a Yolanda, nossa colaboradora, falamos sobre essa obra que é tão importante e tão estranha ao mesmo tempo.

Se você quiser comprar os livros mencionados do vídeo:

  • O Guia Definitivo do Mochileiro das Galáxias — Amazon
  • Coleção O Guia do Mochileiro das Galáxias — Submarino
  • Douglas Adams. A Espetacular e Incrível Vida de Douglas Adams e do Guia do Mochileiro das Galáxias — Amazon

Gabriela Colicigno

Jornalista, ruiva, nerd, geek e louca por chocolate. Passa a maior parte do tempo do dia no computador, vendo seriados no Netflix, lendo um livro, ouvindo música ou brincando com os gatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *