O Rei Demônio | Os Sete Reinos

Capa_O rei demonio.indd

O Rei Demônio é o primeiro livro da série Os Sete Reinos da autora Cinda Williams Chima. Publicado no Brasil pela editora Suma de Letras, os três primeiros livros já saíram no Brasil, sendo que o último está previsto para o fim de 2015. A história se passa em um mundo de fantasia medieval, em um reino ao norte que junta rainhas, magia e aventura.

O livro segue dois personagens principais: Han Alister e Raisa ana’Marianna. Han é um garoto pobre, que largou a vida de dono da rua para trabalhar honestamente e sustentar sua família, conhecido por seus emblemáticos braceletes, que usa desde que nasceu e que são a única coisa de valor que já teve. Seu melhor amigo, Dançarino, é do Clã das Montanhas, um povo conhecido por ser guerreiro, trabalhar com magia natural e criar amuletos. Os dois se metem em uma encrenca com um mago chamado Bayar, e acabam roubando o amuleto mágico que ele leva, com uma serpente entalhada.

É esse amuleto o fio condutor da história, que interliga a vida de Alister Algema com a princesa Raisa. A jovem está prestes a completar seu 16º aniversário e é chegada a hora de escolher um noivo, algo que não a deixa nem um pouco animada. Descrente com os pretendentes que aparecem, a princesa pede ajuda ao pai, que pertence aos Clãs, para doar parte de suas jóias aos pobres e garantir assistência a seu povo, negligenciado pela gestão de Marianna.

As histórias dos jovens se interligam em alguns pontos, criando um relacionamento ambíguo, em que Han não sabe quem Raisa realmente é, depois de sequestrá-la em um ato impulsivo. Enquanto isso, os Magos, insatisfeitos com os amuletos dos Clãs, secretamente armam um golpe para desestabilizar o Trono Lobo Gris e o acordo que mantém a paz no reino.

Há mil anos, Hanalea foi a última rainha a se casar com um mago. Essa união provocou uma cisão do reino em sete menores e a um período de guerras. Estabelecidas as novas regras, a paz voltou a reinar, mas os magos tiveram seus poderes limitados e foram terminantemente proibidos de se casarem com as princesas e rainhas. Os Clãs das Montanhas, responsáveis pelo acordo de paz, forneceriam amuletos limitados aos membros mágicos do reino, e continuariam com seu comércio.

A trama da série Os Sete Reinos é bastante detalhada. Há os Clãs, os Magos, a Família Real Lobo Gris, os outros monarcas dos reinos, sistemas religiosos, escolas especiais e uma hierarquia muito definida. Cinda Williams Chima não deve nada a outras séries nesse quesito. Aliás, ela não deve nada para ninguém. Seus personagens são bem construídos, consistentes e, mesmo que jovens, determinados.

Gostei de ver que Raisa, a princesa, não tem nenhum problema em ser uma garota normal. Ela fica com os garotos que quer, flerta sempre que pode, vai à festas, e sabe que seu casamento é importante, mas não quer casar apenas por política. Não é nem um pouco puritana ou reservada, sabe lutar, atirar e caçar, tendo aprendido tudo isso com a família do pai.

Han, por outro lado, tem uma vida mais sofrida, mas não deixa a desejar. Ele era o dono da rua por um bom motivo: justo, implacável e um bom atirador de facas, certamente impunha sua vontade e sabia quando e quem subornar para não ser preso. Para proteger sua mãe e Mari, sua irmã menor, ele faz qualquer coisa, inclusive largar as ruas por um trabalho honesto e mal-pago. Mas, é claro, ele pode sair da vida das ruas, mas ela jamais sairá dele, e ao conhecer Raisa, ele se vê novamente empurrado para antigos amigos, que parecem morrer um por um, procurados por um crime que não cometeram.

Mesmo assim, os momentos em que aparecem juntos prometem uma amizade e, talvez, um romance para os próximos livros. Certamente a autora tem um dom para criar um universo detalhado e coerente, com ramificações políticas e mágicas que vão muito além do superficial, e que realmente têm uma função para a história.

Compre o livro na Amazon e ajude o site

Cinda Williams Chima. O Rei Demônio (The Demon King). Tradução de Ana Resende. Editora Suma de Letras, 2014. 379 páginas. ISBN 978-85-8105-221-2

Gabriela Colicigno

Jornalista, ruiva, nerd, geek e louca por chocolate. Passa a maior parte do tempo do dia no computador, vendo seriados no Netflix, lendo um livro, ouvindo música ou brincando com os gatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.