Clássicos da Ficção Científica

O Apanhador de Sonhos (Stephen King) | Clássicos da Ficção Científica...

O Apanhador de Sonhos, romance escrito por Stephen King e publicado em 2001, é uma história envolvente, assustadora, engraçada e triste sobre quatro amigos que se encontram no meio de uma invasão alienígena.

Duna | Clássicos da Ficção Científica #13

Duna, comparado ao Senhor dos Anéis e a Trilogia Fundação, é considerado - até hoje - um dos mais importantes livros de ficção científica de todos os tempos.

Laranja Mecânica (Anthony Burgess) | Clássicos da Ficção Científica #25

Laranja Mecânica, escrito por Anthony Burgess, é um livro horroshow sobre nosso drugui Alex, um malenk ultraviolento que gostava de bater em veks. Não entendeu nada?

Tau Zero | Clássicos da Ficção Científica #11

Em Tau Zero uma nave interestelar é avariada e não consegue parar de acelerar. Conforme atinge velocidades próximas às da luz, milhões de anos transcorrem no espaço, sem que os tripulantes sintam seu efeito.

Eu sou a Lenda | Clássicos da Ficção Científica #17

Em Eu Sou a Lenda, Robert Neville é o último homem sobre a Terra, depois que um vírus que transforma as pessoas em vampiros devastou o planeta.

A Estrada | Clássicos da Ficção Científica #18

Em A Estrada, pai e filho percorrem estradas de um Estados Unidos devastado por um holocausto, seguindo para o litoral em busca de esperança.

Fahrenheit 451 | Clássicos da Ficção Científica #1

Em um futuro onde os livros são proibidos e devem ser queimados, um jovem bombeiro se rebela contra o sistema, neste clássico de Ray Bradbury.

O Homem do Castelo Alto | Clássicos da Ficção Científica #14

Em O Homem do Castelo Alto, romance ganhador do prêmio Hugo em 1963, Dick visiona um mundo no qual os Estados Unidos e os aliados perderam a Segunda Guerra Mundial.

20 Mil Léguas Submarinas | Clássicos da Ficção Científica #21

Em 20 Mil Léguas Submarinas, um grupo de exploradores é resgatado pelo submarino Náutilus e pelo seu enigmático capitão Nemo, com se aliam em grandes aventuras.

Planeta dos Macacos | Clássicos da Ficção Científica #15

Planeta dos Macacos, de Pierre Boulle, foi publicado em 1963 e é uma distopia em que os macacos evoluíram mais do que os seres humanos e dominam a sociedade de outro planeta.

Não me Abandone Jamais | Clássicos da Ficção Científica #19

Em Não me Abandone Jamais, sexto livro de Kazuo Ishiguro, clones são usados para doarem seus órgãos para as pessoas de uma sociedade distópica.